Engenharia Ambiental

Bacharelado: 10 semestres

Média salarial: R$ {{ formatCurrency( "7000" ) }}
SOBRE O CURSO

A Engenharia Ambiental se dedica a promover o desenvolvimento sustentável, preservando os recursos naturais. O curso da Anhanguera oferece disciplinas gerais e específicas nas modalidades presencial, EAD e semipresencial, capacitando você para avaliação de impacto ambiental, soluções e conformidade com normas, medições e projetos de recuperação. 
 

Escolha como deseja estudar

Diferentes formas para você aprender!
Diferenciais

Apoio Personalizado

Na Anhanguera você é único e cada fase da sua formação acadêmica é acompanhada bem de perto.

Avaliação Continuada

Aqui, seu esforço nas atividades ao longo do semestre é recompensado e valorizado.

Aula Destaque

Pensando nos desafios que você vai ter na sua carreira, promovemos encontros online com professores e profissionais conceituados no mercado e nas suas respectivas áreas.

FORMAS DE INGRESSO

VESTIBULAR ONLINE

Você faz a prova pela internet para ingressar em qualquer um dos cursos da Anhanguera.

NOTA DO ENEM

Seu desempenho no Enem é a sua porta de entrada para a Anhanguera! E quanto maior sua nota, maior o desconto na mensalidade do curso!

TRANSFERÊNCIA

Se você deseja ampliar sua perspectiva com um novo método de ensino na sua área de atuação, é só pedir transferência para a Anhanguera!

2ª GRADUAÇÃO

Use sua primeira graduação e pule as matérias que você já fez.

A PROFISSÃO
Área de Atuação

São muitas as áreas de atuação do Engenheiro Ambiental:

  • Manejo e gestão das águas (captação e purificação)
  • Saneamento
  • Saúde pública e manejo ambiental
  • Controle da emissão de poluentes
  • Planejamento e gestão do meio ambiente
  • Recuperação de áreas desmatadas e poluídas
  • Geoprocessamento
  • Bioprocessos e biotecnologia
  • Emissão de licenças para obras e construções
  • Certificação ambiental
  • Gestão de resíduos
  • Elaboração de políticas públicas
  • Docência e Pesquisa
  • Consultoria ambiental

E há várias instituições que o empregam:

  • Órgãos Públicos
  • Indústrias
  • Departamento de Engenharia e Construção do Exército
  • Organizações Não Governamentais
  • Instituições de ensino
  • Institutos e centros de pesquisa
  • Empresas de Consultoria
  • Fazendas
  • Cooperativas
  • Agroindústrias
  • Empresas de extração de minérios, petróleo e outros
Público-alvo

Você é um entusiasta da natureza e se preocupa com o meio ambiente? Sustentabilidade é palavra frequente em sua vida? Além disso gosta da área de Exatas? A carreira em Engenharia Ambiental pode ser a escolha ideal para você!

Para ser um profissional de excelência nessa área, é imprescindível se interessar pelas relações humanas com os ecossistemas. É importante gostar de lidar com pessoas e de atividades de campo, ser prático, observador e atento. Ter perfil analítico, autonomia, visão estratégica e sistêmica também são características essenciais. 

Ainda, é fundamental se manter sempre atualizado com relação ao cenário global em seus diversos aspectos e ter habilidade para liderar. Trabalho em equipes multidisciplinares será uma constante em toda sua trajetória acadêmica e profissional, esteja preparado!

Mercado de Trabalho

A preocupação da sociedade com o meio ambiente e a valorização da sustentabilidade têm crescido exponencialmente. Nesse cenário, a atuação de profissionais especializados em Engenharia Ambiental é imprescindível para as organizações, e o mercado de trabalho para esse profissional está sempre aquecido. Entre agosto de 2021 e julho de 2022 houve um aumento de 18% nas contratações formais desse profissional.

Os salários podem variar de acordo com as regiões do país, especialização e também conforme o tipo de empregador, sendo que o setor de Administração de Obras costuma pagar uma média salarial maior, cerca de R$10.000. A remuneração para quem está começando a carreira gira em torno de R$ 2.500, mas pode chegar a R$ 10.500 em cargos mais avançados em grandes empresas.

Engenheiros Ambientais também são requisitados para órgãos públicos, porém os salários desses profissionais em concursos específicos podem ser menores que os da média da iniciativa privada.