Sobre o curso

A meta número 4 do Plano Nacional da Educação (PNE) é estabelecer a universalização do acesso à educação básica e o atendimento educacional especializado para toda a população entre 4 e 17 anos. Isso inclui pessoas portadoras de deficiência, com transtornos globais ou que tenham altas habilidades. Para isso, é obrigação das instituições de ensino, especializadas ou não, fortalecer a tríade formada pela escola, sala multifuncional e família. Assim, é possível contribuir para o aprendizado de todos os indivíduos.

Aqui na Anhanguera, a Licenciatura em Educação Especial é um curso de 8 semestres. Ele prepara o licenciado para aplicar pedagogias e metodologias de ensino que garantam a escolarização do público-alvo — formado por alunos com deficiências, com transtornos globais do desenvolvimento ou com altas habilidades e superdotação.

Durante o curso, você vai adquirir habilidades e conhecimentos que permitem a implementação de práticas e de ações inclusivas no ambiente escolar, potencializando o desenvolvimento e o aprendizado desses indivíduos.

A abordagem profissional é direcionada a um público-alvo específico. Entretanto, ela também contribui para o aprendizado e a conscientização de toda comunidade escolar. Afinal, a interação é um elemento essencial para o desenvolvimento do ser humano.

Nesse cenário, o licenciado em Educação Especial é imprescindível e valorizado pelas instituições.

PRINCIPAIS MATÉRIAS
O currículo da Licenciatura em Educação Especial da Faculdade Anhanguera foi desenvolvido com o apoio e a consultoria de institutos especializados e referências no tema da educação inclusiva. As matérias do curso de Licenciatura em Educação Especial vão abordar temáticas como:

●    História da Educação Especial;
●    Fundamentos da Educação Especial e Inclusiva;
●    Introdução às Deficiências;
●    Introdução à Deficiência Intelectual;
●    Introdução a Libras e Braille;
●    Desenvolvimento, Cognição e Afetividade;
●    Transtornos Globais do Desenvolvimento;
●    Transtornos do Neurodesenvolvimento;
●    Tecnologias Assistivas;
●    Políticas Públicas e seus efeitos na Educação;
●    Comunicação Alternativa;
●    Fundamentos para o Desenvolvimento de Indivíduos de Altas Habilidades;
●    Desenvolvimento de Indivíduos de Superdotação.

PREPARAÇÃO PARA O MERCADO
Além das matérias, também estamos preocupados com a preparação do licenciado ao mercado de trabalho.
Nesse sentido, os estágios obrigatórios trazem ao aluno a oportunidade de colocar os conhecimentos em prática, de conhecer as áreas de atuação e até mesmo de realizar networking profissional. Esses processos são muito valiosos para a progressão de carreira no mercado educacional.
O estágio também proporciona o aprendizado das competências práticas do profissional. Isso permite que você seja capaz de contextualizar conteúdos ministrados durante as aulas da Licenciatura no cotidiano do ambiente escolar.

Dessa forma, temos:
●    estágio curricular obrigatório I no contexto da educação infantil;
●    estágio curricular obrigatório II no contexto do ensino fundamental e/ou ensino médio;
●    estágio curricular obrigatório III, com foco na educação de jovens e adultos, em espaços escolares ou não, mas que tenham a intencionalidade educativa.

Temos que considerar também a competitividade do mercado e a necessidade de formação de profissionais diferenciados, empoderados e capazes de serem agentes de mudança, certo? Por isso, aqui na Anhanguera nós oferecemos com exclusividade conhecimentos complementares relevantes — como o Trilhas de Carreira.

Grade curricular

Conheça as disciplinas do curso, separadas por pilares de conhecimento.

  • Modalidades:

Exibindo: 4 de 371 resultados