Para acessar a sua área você deve escolher:

  • Tenho uma conta Anhanguera Office 365

    Acesse a sua conta utilizando o seu login do Office 365

    ACESSAR MINHA CONTA
  • Ainda não tenho uma conta Anhanguera Office 365

Esqueci minha senha / 1° acesso

Imprensa

< Voltar

17.12.2010

Anhanguera de Taboão da Serra abre atendimentos psicopedagógicos gratuitos para a comunidade

A dificuldade de aprendizagem pode surgir muitas vezes por questões afetivas, emocionais, orgânicas ou ambientais. Quando se observa que a criança está com alguma dificuldade escolar é necessário fazer uma avaliação para identificar a origem do problema, assim como a melhor maneira de solucioná-lo.

Para auxiliar pais, mães e professores no trabalho com as crianças e jovens, a Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra acaba de abrir seu Laboratório de Psicopedagogia chamado de "Ciranda do Aprendizado", que oferece atendimento gratuito a comunidade.

O perfil de quem procura pelos serviços psicopedagógicos são pessoas que geralmente não têm condições de custear um acompanhamento especializado, e que muitas vezes são encaminhadas por escolas públicas ou por alunas da própria Faculdade.

O projeto que estava parado há algum tempo foi reativado devido à carência da comunidade local para com este tipo de atendimento. Para reabrir o laboratório, foram necessários pequenos investimentos e o espaço ganhou uma nova imagem com a decoração feita pelos próprios alunos.

Com a coordenação da professora Geneci de Souza, os alunos do 2 e do 6 semestre do curso de Pedagogia da instituição acompanham os atendimentos e atividades realizadas pela professora psicopedagoga. O trabalho ajuda a identificar e solucionar dificuldades referentes à aprendizagem de diversas disciplinas e orientar pais e professores quanto ao apoio que o jovem necessita. "Além de o estágio ser revertido em horas práticas para a conclusão do curso, os alunos aprendem na prática sobre o desenvolvimento do processo de alfabetização de uma criança", explica a professora Geneci.

O projeto é destinado para atender alunos da rede pública de ensino que apresentem dificuldade de aprendizagem e ou crianças com necessidades especiais no desenvolvimento de práticas vinculadas às disciplinas específicas. O espaço funciona de forma interdisciplinar com atividades educativas que fazem com que os alunos vivenciem os conteúdos teóricos em atividades práticas diretamente vinculadas à realidade pedagógica das escolas.

Atendimentos

Atualmente o projeto atende 15 alunos em horários alternados, mas a coordenadora já sente a necessidade de multiplicar a capacidade dos atendimentos. "Temos consciência da necessidade da ampliação do projeto, pois nossa demanda tende a aumentar para o próximo semestre. Sabemos também que os pais contam com a ajuda que oferecemos, por isso a preocupação em ter uma estrutura adequada para continuarmos o nosso trabalho", afirma a professora.

Dentre as dificuldades de aprendizagem apresentadas pelos alunos, encontram-se também casos de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade diagnosticados. Estes casos são acompanhados pelos professores da Anhanguera e por especialistas de instituições parceiras, como o Instituto CEFAC, que oferece apoio no processo de investigação psicopedagógica através de avaliação criteriosa do aprendizado.

Para detectar as dificuldades, é feito em um primeiro momento entrevista com os pais da criança para triagem. Após esse passo, inicia-se o processo de investigação e finalmente a intervenção com cuidados necessários para o atendimento e desenvolvimento dos alunos.

Para que o projeto continue sendo realizado com sucesso, a equipe ainda espera encontrar novas parcerias com profissionais da área da educação e saúde, como psicólogos, fonoaudiólogos e neuropsicólogos. "Apesar de o nosso trabalho ter começado recentemente, percebemos que em alguns casos já tivemos progresso e sentimos melhorias no desempenho dos alunos, por isso pretendemos crescer mais a cada dia para continuarmos ajudando estas crianças", diz Geneci.

Interessados nos atendimentos oferecidos pelo Laboratório de Psicopedagogia devem entrar em contato pelo telefone (11) 4788-7978 ou comparecer a recepção da unidade, localizada na Rodovia Régis Bittencourt, 199 - Centro - Taboão da Serra/SP.

Alfapress Comunicações
Simone Brambilla - (11) 7313-2331
Alex Mattiuzzo - (19) 9648-5738
Central de Atendimento aos Jornalistas
Fone: (19) 2136-3505
Pabx: (19) 2136-3500
alfapress@alfapress.com.br

Filtro de Releases

Fale com a Assessoria

E-mail de contato:

Agência ideal

  • Fernanda Vigna

    (11) 4873-7649

    (11) 99649-5997

  • Thaís de Araújo

    (11) 4873-7633

    (11) 99137-0064

Alfapress Comunicação

  • Coordenação Fernanda Blotta

    (19) 2136-3500

    (19) 99648-5738

  • Atendimento Institucional Marcela Feriani

    (19) 2136-3500

    (19) 99936-3972

Atendimento Regional