Para acessar a sua área você deve escolher:

  • Tenho uma conta Anhanguera Office 365

    Acesse a sua conta utilizando o seu login do Office 365

    ACESSAR MINHA CONTA
  • Ainda não tenho uma conta Anhanguera Office 365

Esqueci minha senha / 1° acesso

Imprensa

< Voltar

6.8.2012

Acadêmicos da Anhanguera desenvolvem carro de competição em iniciativa pioneira no Estado

Acadêmicos do 2 ao 8 semestre dos cursos de engenharias Mecânica, Produção e Controle de Automação, do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande - unidade 2, estão desenvolvendo um veículo para competição esportiva, a Fórmula Baja, com objetivo de disputar competições estudantis. A iniciativa é pioneira no Mato Grosso do Sul e a segunda entres as unidades da Anhanguera no País. De acordo com o coordenador dos cursos de engenharia da Instituição, professor José Paulo Leandro, os trabalhos tiveram início no segundo semestre do ano passado e ganharam força neste ano, quando o primeiro carro de testes ficará pronto. "A primeira corrida será em março de 2013, em Piracicaba, interior de São Paulo". Segundo o acadêmico Euclydes Strazzeri Júnior, que lidera a equipe de alunos que está preparando o carro desde setembro do ano passado, em março deste ano puderam fiscalizar 74 carros durante o campeonato nacional e buscar não fazer os mesmos erros na montagem. "Dos 74 carros inscritos, 14 voltaram para casa por não estarem de acordo com as normas", explica o acadêmico se referindo às 1.600 páginas que tem o regulamento para a confecção do carro. Com o projeto, os acadêmicos participam de todo o processo durante a fabricação do carro, desde o planejamento até a escolha do piloto, sendo orientados por um professor. "Esta competição é uma das melhores disponíveis no meio estudantil nacional e internacional. Ter uma equipe do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande dentre as participantes é uma ótima estratégia para motivar os alunos a levarem seus conhecimentos além da sala de aula e aplicá-los no cotidiano", pondera o coordenador. José Paulo ressalta ainda que o custo médio para o desenvolvimento do projeto é de R$ 70 mil, mas o grupo conta com diversos patrocinadores e recursos da Instituição. A Anhanguera oferece ainda o espaço onde funciona o laboratório/oficina com os materiais necessários para os trabalhos de montagem, tudo conquistado pelos acadêmicos. Strazzeri Júnior, que será o piloto da equipe por já ter participado de corridas de Motocross, destaca que até o final de outubro o carro estará pronto. "Os cinco primeiros colocados no campeonato nacional vão integrar a competição internacional da modalidade", ressalta. O acadêmico, que já tem 20 anos de experiência com engenharia mecânica e agora busca o diploma, declara a importância do projeto na vida dele. ’Eu nunca montei um carro. Então estou aprendendo muito e será muito importante para a minha carreira’, comemora. Nas faculdades do grupo Anhanguera, a única a desenvolver o Baja foi a unidade 3 de Campinas. Eles montaram um carro e participaram de uma corrida em 2010, ficando na 38ª posição de um total de 73 equipes participantes.

Filtro de Releases

Fale com a Assessoria

E-mail de contato:

Agência ideal

  • Fernanda Vigna

    (11) 4873-7649

    (11) 99649-5997

  • Thaís de Araújo

    (11) 4873-7633

    (11) 99137-0064

Alfapress Comunicação

  • Coordenação Fernanda Blotta

    (19) 2136-3500

    (19) 99648-5738

  • Atendimento Institucional Marcela Feriani

    (19) 2136-3500

    (19) 99936-3972

Atendimento Regional