Para acessar a sua área você deve escolher:

  • Tenho uma conta Anhanguera Office 365

    Acesse a sua conta utilizando o seu login do Office 365

    ACESSAR MINHA CONTA
  • Ainda não tenho uma conta Anhanguera Office 365

Esqueci minha senha / 1° acesso

Imprensa

< Voltar

28.10.2010

Anhanguera ajuda o índice de leitura do país a crescer

O índice de leitura no Brasil aumentou 150% nos últimos dez anos. Passou de 1,8 livro por ano em média, para 4,7. Essa pesquisa foi realizada em agosto pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) da Universidade de São Paulo (USP) e encomendada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) junto com a Câmara Brasileira de Livros (CBL). Não há muito o que comemorar no dia Nacional do Livro (29), já que esse número ainda é muito baixo comparado ao dos países desenvolvidos e até outros em desenvolvimento. Uma das causas é que atualmente o livro ainda é pouco acessível para grande parte da população.

A Anhanguera tem trabalhado para contribuir com o aumento do índice de leitura no Brasil. Por meio do Programa do Livro-Texto (PLT), centrado na oferta de livros reconhecidos no cenário acadêmico nacional e internacional a preços extremamente reduzidos em relação ao mercado livreiro convencional, a Instituição tem incentivado seu aluno a aumentar seu índice individual de leitura. "Na Anhanguera, o aluno lê, em média, 5 livros por semestre", comenta o professor Adauto Damásio. "Ao finalizar um curso de quatro anos, por exemplo, nosso estudante leu um total de 40 livros, média de 10 por ano, bem superior aos índices de leitura nacional", completa.

O Programa do Livro-Texto foi criado em 2005 e já registra mais de 2 milhões de tiragens desde sua implantação, disponibilizando 350 títulos diferentes. Somente em 2010, foram mais de 900 mil exemplares oferecidos aos alunos da Anhanguera. Para os estudantes, os livros chegam a custar até 80% mais baratos.

Um exemplo do PLT é o livro Tratado de Enfermagem Médico-Cirúrgica, do Brunner, E. Emeltzer, que hoje tem um custo de R$ 499 nas livrarias. Os alunos da Anhanguera pagam 74% a menos nessa mesma obra e o custo sai por R$ 130. O valor ainda pode ser parcelado em quatro vezes na mensalidade.

Essas condições foram conquistadas pela Anhanguera por meio de parcerias com as principais editoras do País. "O PLT viabiliza-se por meio de grandes investimentos em tiragens personalizadas de títulos, diretamente negociados com essas editoras", explica Damásio.

A facilidade em adquirir títulos de autores renomados permite ao aluno da Anhanguera montar sua própria biblioteca profissional. Além de incentivar a leitura, os livros do PLT atendem diretamente às necessidades didático-pedagógicas dos cursos da instituição, facilitando a aprendizagem dos alunos. "Hoje, a Anhanguera oferece livros com preços acessíveis e de qualidade reconhecida no mercado educacional", destaca a diretora de planejamento e organização pedagógica da Anhanguera , professora Cleide Nebias. "Além disso, esses livros são um forte instrumento de controle de qualidade da execução dos projetos pedagógicos dos cursos da instituição."

Fim das cópias ilegais

Outro aspecto positivo do PLT é o fim das cópias ilegais. Um dos grandes problemas do mercado editorial do País na atualidade é o número de reproduções ilegais de títulos, desrespeitando os direitos autorais previstos na Legislação. "Essa prática ocorre porque muitos estudantes precisam ter acesso aos conteúdos contidos nos livros para que possam ter bom rendimento acadêmico, mas eles têm limitações financeiras para adquiri-los. Na maioria das vezes, esses livros são considerados caros", lembra Damásio. "Com o PLT, o aluno dispõe da bibliografia necessária para estudar e não precisa copiar outros conteúdos."

Novos títulos

Já para o primeiro semestre de 2011, novos títulos de diversas áreas serão oferecidos para os alunos da Anhanguera. Na área de Direito, será disponibilizada a obra Curso de Processo Penal, de Fernando Capez, pela Editora Saraiva. Pela primeira vez, o estudante do curso de Letras poderá adquirir um livro de inglês, Attitude Student´s Book, da editora Mac Millan. Para Fisioterapia, Medicina de Reabilitação, do autor Sérgio Lianza, pela editora Guanabara Koogan. Em Administração, o título Administração: Teoria, Processo e Prática, de Idalberto Chiavenato, editora Elsevier/Campus, também será disponibilizado. História da Arte, da autora Graça Proença, editora Ática, é o livro na área de Comunicação Social. E na área de Pedagogia, o PLT contará com o livro História da Educação e Pedagogia, de Maria Lucia de Arruda Aranha, editora Moderna.

Por dentro do Enem

Outra forma que a Anhanguera encontrou para estimular o aprendizado na interpretação de texto de todos os alunos e comunidade, foi a oferta do curso preparatório para o ENEM. Durante o mês de outubro, ofereceu o curso com foco em interpretação de texto. "Todas as questões do Enem exigem a compreensão dos enunciados, por isso promovemos oficinas de leituras" destaca a professora Denise Lourenço, responsável pela execução do projeto. A professora ainda explica que estudantes preparados e hábeis para interpretar textos têm melhores chances de obter bons resultados no ENEM. "Este curso oferece estratégias de leitura que serão úteis aos alunos em situações diversas, pois além das leituras escolares, ele pode estimulá-lo a ler outros gêneros de textos", completa Denise.

Vestibular 2011

Com cursos focados para o mercado de trabalho, mensalidades a partir de R$ 199 e toda uma estrutura que auxilia o aluno a realizar o seu projeto de vida, a Anhanguera, maior instituição de ensino superior do País, realizará seu processo seletivo no dia 21 de novembro (domingo), às 9h30. As pessoas que buscam uma preparação adequada têm até o dia 20 de novembro (sábado) para garantir presença no vestibular. A taxa de inscrição é de R$ 25. Os candidatos também podem optar pelas provas agendadas, sempre às quartas, sextas ou sábados.

No site www.vestibulares.br, além da ficha de inscrição, os interessados vão encontrar um guia completo do vestibular, com a relação dos cursos oferecidos, edital do processo seletivo e informações sobre bolsas de estudo e financiamentos públicos e privados.

A prova do vestibular também pode ser substituída pelas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste caso, os pontos obtidos na parte objetiva e na redação do exame serão considerados, de acordo com os critérios constantes no edital do processo seletivo.


Alfapress Comunicações

Thaís Frausto - (19) 9788-6829
Alex Mattiuzzo - (19) 9648-5738
Central de Atendimento aos Jornalistas
Fone: (19) 2136-3505
Pabx: (19) 2136-3500
alfapress@alfapress.com.br

Filtro de Releases

Fale com a Assessoria

E-mail de contato:

Agência ideal

  • Fernanda Vigna

    (11) 4873-7649

    (11) 99649-5997

  • Thaís de Araújo

    (11) 4873-7633

    (11) 99137-0064

Alfapress Comunicação

  • Coordenação Fernanda Blotta

    (19) 2136-3500

    (19) 99648-5738

  • Atendimento Institucional Marcela Feriani

    (19) 2136-3500

    (19) 99936-3972

Atendimento Regional