Anhanguera. Aqui, o seu esforço ganha força

Para acessar a sua área você deve escolher:

  • Tenho uma conta Anhanguera Office 365

    Acesse a sua conta utilizando o seu login do Office 365

    ACESSAR MINHA CONTA
  • Ainda não tenho uma conta Anhanguera Office 365

Esqueci minha senha / 1° acesso
Notícias
Voltar

21.8.2014

Games que curam

Para ajudar no tratamento de pacientes com doenças neurológicas e ortopédicas, a Clínica de Fisioterapia da Anhanguera de Osasco está testando um sistema de reabilitação baseado em jogos eletrônicos. A tecnologia funciona por meio de um sensor Kinect, o mesmo utilizado em videogames, que capta os movimentos dos usuários, identifica acertos e aponta eventuais erros. "A proposta é utilizar o fator lúdico presente nos ambientes dos games como estímulo aos pacientes na realização dos exercícios", afirma a professora Eliane Jerônimo Pires, coordenadora do curso de Fisioterapia.

A ferramenta possui mais de 30 jogos e exercícios focados em doenças neurológicas, como Esclerose Múltipla, Acidente Vascular Cerebral (AVC), Parkinson e Paralisia Cerebral. Para poderem utilizar a tecnologia nos pacientes atendido na clínica da Anhanguera, os alunos participaram de um treinamento e desenvolvem estudos sobre como esses jogos contribuem para o tratamento de enfermidades. "A expectativa é termos os primeiros resultados práticos em três meses", afirma a professora Eliane.

Atualmente, oito pacientes da Clínica utilizam a novidade, criada pela empresa canadense Jintronix (JRS). O sistema fornece dados que ajudam os profissionais a decidirem pelo aumento ou redução de séries durante o processo de recuperação. "O grande diferencial está no fato de o paciente acompanhar sua evolução em tempo real, o que significa ganho motivacional", afirma Danilo Castro, gerente da empresa no Brasil e responsável também pelo mercado latino-americano da empresa.