Anhanguera. Aqui, o seu esforço ganha força

Para acessar a sua área você deve escolher:

  • Tenho uma conta Anhanguera Office 365

    Acesse a sua conta utilizando o seu login do Office 365

    ACESSAR MINHA CONTA
  • Ainda não tenho uma conta Anhanguera Office 365

Esqueci minha senha / 1° acesso
Notícias
Voltar

19.11.2014

Desafio Empreendedor Anhanguera

"Aplicar o empreendedorismo nas universidades é um excelente modelo para plantar a semente e desenvolver novos empreendedores. Entender o empreendedorismo como opção de carreira é incrível", diz Renata Chilvaquer, Diretora de Educação da Endeavor. Esse depoimento sintetiza o sentimento de todos os parceiros envolvidos no Desafio Empreendedor Anhanguera. A premiação começou às 17 horas e 30 minutos.
Além dos prêmios de R$ 10mil, R$ 6 mil e R$ 4 mil (respectivamente para o primeiro, segundo e terceiro colocado), os finalistas foram surpreendidos. A categoria "menção honrosa" garantiu um tablet para dois finalistas: Camila Sales Nascimento, autora do projeto Realizzazioni Assessoria e Cerimonial, e Cristiano Donato, do Mãotemática.
Outra grande surpresa foi o anúncio de ’dois terceiros lugares’. "A organização considerou que seria justo premiar os dois com a mesma quantia (R$ 4 mil), ao invés de dividir R$ 2 mil para cada um deles", contou o mestre de cerimonias, diante de aplausos. Dario Anastácio, da Powerblade Soluções em TI, e Aritana Carneiro Monteiro de Brito, do Infokad Soluções Tecnológicas, foram os vencedores.
"Os critérios de julgamento e seleção foram todos obedecidos, mas aconteceu um empate no terceiro lugar. Nós tínhamos a oportunidade de premiar dois projetos, e assim o fizemos", explicou Carlos Henrique Pegurier, Vice-Presidente de Inovações da Kroton. O executivo acrescentou que a qualidade impressionou. "Os projetos, claro, era o que estávamos premiando aqui, mas o valor está no espírito empreendedor da pessoa, não só do premiado, mas de todos que se inscreveram", concluiu.
Omar Souza Filho, do Sous Vide & Cook Chill, levou o segundo lugar com seu projeto de cocção (ou cozimento) de alimentos e resfriamento rápido. Ele também inovou ao trazer o equipamento à premiação e servir um prato, preparado no local, aos jurados durante sua apresentação.
Em primeiro lugar ficou o autor do projeto Naveggar, Marcelino Macedo Melo. Empreendedor de Manaus, Melo surpreendeu os jurados por ter um projeto bem estruturado de venda online de passagens de transporte fluvial. O empreendedor apresentou uma plataforma em pleno funcionamento que beneficia desde os viajantes até os proprietários de pequenas e médias embarcações.